CURRICULO PESSOAL

Minha foto

M.Div
Ph.D Teologia
Psicanalista Clinico (estag)
Escritor - 21 livros publicados
Master-trainer PNL

POSTAGENS

Postagens populares

quinta-feira, dezembro 23

Os 35 Milagres da Biblia

Comentando sobre o Evangelho de Marcos, uma vez o historiador sobre o século I, Robert Grant, afirmou, “é difícil achar qualquer grão não milagroso no Evangelho”. Dos 661 versículos que se encontram neste Evangelho, 209 tratam de milagres. Jesus não só pregou a chegada do reino de Deus como também a demonstrou através do ministério de cura, expulsão de demônios e outros milagres. Estes faziam parte normal do seu ministério (Mateus 4.23). Até os judeus mais hostis a Jesus reconheceram-no como operador milagroso de maravilhas e exorcista. Também Jesus deu aos seus doze discípulos a autoridade para realizar estas operações, como sinal e demonstração de que o reino estava próximo (Mateus 10.7), e fez o mesmo para com os setenta discípulos (Lucas 10.8-9). Estes sinais evidenciaram a chegada do reino e a vitória conseqüente sobre Satanás e seu poder (Mateus 11.22-28 par.).

Quando examinamos os momentos “críticos” ou “chaves” na história quando havia um avanço significante nos propósitos redentores de Deus, sempre encontramos a presença de sinais extraordinários. Por quê? Não tanto para o povo de Deus, quer seja Israel ou a igreja, mas para que o mundo, as nações saibam que Iahweh é o Deus verdadeiro e O glorifiquem. Qualquer outra motivação além deste testemunho bíblico deve levar a certa suspeita.

Portanto, os milagres servem a um propósito missionário. Dirigem-se ao mundo com a finalidade de chamá-lo para glorificar a Deus. Relegar-lhes qualquer papel ou nível insignificante só seria desprezar, ou na melhor hipótese, ignorar sua importância no desempenho do desafio missionário. Dizer que não são operantes hoje seria distorcer o testemunho bíblico pelos olhos da incredulidade. Não disse Jesus que o crente nele faria maiores obras que Ele (João 14.12)? Paulo não esclareceu que as manifestações milagrosas, o carismati, só desapareceriam depois da vinda de Cristo glorificado (1 Coríntios 13.10)?

Há 35 milagres atribuídos a Jesus nos Evangelhos. Eis a lista:

1. Transformou água em vinho — João 2.1-11
2. Curou o filho dum funcionário público — João 4.46-54
3. Curou um paralítico no poço — João 5.1-9
4. Curou um cego de nascimento — João 9.1-41
5. Alimentou 5.000 pessoas com 5 pães e 2 peixes — João 6.5-13
6. Pegou altas ondas sem prancha e sem se molhar! — João 6.19-21
7. Ressuscitou Lázaro da morte — João 11.1-44
8. Pescou 153 grandes peixes sem se molhar! — João 21.1-11
9. Expulsou um homem dominado por demônio — Lucas 4.33-35
10. Curou a sogra de Pedro — Lucas 4.38-39
11. Pescou peixes que enchiam dois barcos — Lucas 5.1-11
12. Curou um leproso — Lucas 5.12-13
13. Curou um paralítico descido pelo telhado — Lucas 5.17-25
14. Curou o homem de mão aleijada — Lucas 6.6-10
15. Curou o empregado de um oficial romano — Lucas 7.1-10
16. Ressuscitou o filho da viúva — Lucas 7.11-15
17. Acalmou uma tempestade — Lucas 8.22-25
18. Curou o homem dominado por legião de demônios — Lucas 8.27-35
19. Curou a filha de Jairo — Lucas 8.41-56
20. Curou a mulher com hemorragia
21. Curou um menino endemoninhado — Lucas 9.38-43
22. Expulso um demônio de mudez — Lucas 11.14
23. Curou a moça torta de 18 anos — Lucas 13.11-13
24. Curou o homem com as pernas e braços inchados — Lucas 14.1-6
25. Curou 10 leprosos — Lucas 17.11-19
26. Curou um mendigo cego — Lucas 18.35-43
27. Previu a negação de Pedro — Lucas 22.31-34
28. Sarou a orelha cortada do empregado do Sumo Sacerdote — Lucas 22.50-51
29. Curou dois cegos — Mateus 9.27-31
30. Tirou uma moeda da boca dum peixe — Mateus 17.24-27
31. Curou a filha endemoninhada da mulher cananéia — Mateus 15.21-28
32. Alimentou 4.000 pessoas com 7 pães e alguns peixes — Mateus 15.32-38
33. Secou uma figueira infrutífera — Mateus 21.18-22
34. Curou um surdo-mudo — Marcos 7.31-37
35. Curou outro cego — Marcos 8.22-26


NOVIDADE PARA SUA IGREJA. ACESSE:http://bispoluissousa.blogspot.com/2010/12/apostilhas-para-pastores-para-pastores.html

Nenhum comentário: